Serra anuncia construção de 8 novas penitenciárias femininas

Segundo governador, até o fim do ano deverão ser construídas 8 penitenciárias femininas, com 550 vagas cada

Tatiana Favaro, da Agência Estado,

18 de janeiro de 2008 | 17h32

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), afirmou durante visita a Valinhos, região metropolitana de Campinas, nesta sexta-feira, 18, que até o fim do ano serão construídas oito penitenciárias femininas, com 550 vagas cada uma. Segundo informou a Secretaria de Administração Penitenciária do Estado, atualmente há 6.400 mulheres nas seis penitenciárias de São Paulo.  Veja também:Remoções aliviam cadeia feminina superlotada em SP "Não existe saída mágica. Temos de construir. A idéia é, se possível, começar isso imediatamente", disse Serra. Na última semana, ao menos 40 das 119 presas da Cadeia Pública Feminina de Monte Mor, a 120 quilômetros de São Paulo, foram transferidas para outras unidades prisionais do interior do Estado. O número de detentas no local era quase dez vezes maior que a capacidade da cadeia, com vagas para 12 mulheres.

Tudo o que sabemos sobre:
penitenciárias femininas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.