Sequestro relâmpago termina com oito bandidos presos na zona sul de SP

Assaltantes foram pegos após pararem o carro com um refém num posto de gasolina para fazer o reabastecimento

BRUNO LUPION - estadão.com.br,

09 Março 2011 | 03h37

SÃO PAULO - Oito assaltantes, entre eles três adolescentes - um de 14 anos -, foram presos, por volta das 21h45 de terça-feira, 8, na zona sul de São Paulo, após parte da quadrilha parar em um posto de gasolina para abastecer o tanque do veículo em que mantinha refém um empresário de 34 anos.

Eram 21h30 quando a vítima estacionava um Peugeot 307 preto em frente à locadora de filmes Canal Vídeo, na avenida Rouxinol, em Moema, zona sul. Antes que conseguisse entrar no estabelecimento para devolver dois DVDs, o empresário foi dominado pelos criminosos e colocado no banco traseiro do próprio carro. Eram dois bandidos na frente e outros três, além da vítima, atrás. Os outros três membros do grupo, um deles armado com um revólver calibre 38, deixaram o local a pé. Funcionários da videolocadora desconfiaram da ação do grupo e acionaram o 190.

Policiais militares, em patrulhamento na região, rapidamente localizaram o Peugeot e começaram a acompanhar o carro. Sem saber que eram observados de perto pela polícia, os bandidos pararam em um posto de combustível na avenida Roque Petroni Júnior, no Itaim Bibi, bairro vizinho, pois o tanque de combustível já estava na reserva. Os cinco, que já haviam tomado da vítima cartões bancários e as senhas, se entregaram e descreveram como os outros três criminosos estavam, indicando inclusive o suposto destino tomado pelo trio.

Poucos minutos depois, o resto da quadrilha, ainda em posse da arma, foi abordado pelos policiais na rua Nova Cidade, na Vila Olímpia, bairro vizinho ao Itaim Bibi. Os oito criminosos foram encaminhados ao 96º Distrito Policial, do Brooklin, onde os maiores de 18 anos acabaram autuados em flagrante por roubo, formação de quadrilha e corrupção de menores. Os adolescentes serão encaminhados à Fundação Casa, antiga Febem.

Mais conteúdo sobre:
Violência São Paulo cidades

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.