Sequestro relâmpago em pet shop termina com 2 ladrões presos

Engenheiro, sua cachorra e a dona da loja foram levados pelos bandidos na Avenida Indianópolis e libertados na R. Tutoia

WILLIAM CARDOSO, O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2012 | 03h05

Um sequestro relâmpago que começou em um pet shop da Avenida Indianópolis, na zona sul de São Paulo, terminou anteontem com dois suspeitos presos e os reféns, incluindo uma cachorra golden retriever, libertados. A polícia procura agora outros dois bandidos, que fugiram.

Um engenheiro de 42 anos buscava sua cachorra no pet shop, por volta das 20h40, quando ele e a dona da loja foram abordados pelos ladrões. Os bandidos obrigaram os dois a entrar em um automóvel Jetta, que depois a polícia descobriu ter sido roubado no início do mês na zona oeste.

No início, os criminosos pretendiam deixar a cachorra de fora, mas foram convencidos pelo engenheiro a levá-la. "Eles queriam prendê-la em uma árvore, mas pedi, por favor, para que fosse com a gente, porque poderia se perder e eu nunca mais a veria", contou o dono do animal.

Enquanto os criminosos e as vítimas circulavam pela zona sul, outros dois bandidos pegaram o cartão, a senha bancária e o Hyundai Tucson do engenheiro. Ele fizeram um saque de R$ 800 em uma agência e, quando sacavam R$ 1.700 em outro banco, na Avenida Santo Amaro, foram abordados por policiais militares que haviam sido alertados do assalto pelo marido da dona do pet shop.

Detidos, José Roberto Racheder Batista Fernandes, de 24 anos, e Jefferson Veridiano dos Santos Fronza, de 23, ligaram para os comparsas e pediram que soltassem as vítimas - que foram libertadas perto da Rua Tutoia, no Paraíso - e seguissem para o lugar previamente combinado. Os bandidos que haviam acabado de liberar os reféns perceberam a movimentação policial no local combinado para encontrar os comparsas, abandonaram o Jetta e fugiram. O caso foi registrado no 27.º DP (Campo Belo).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.