Sequestrador da filha de Silvio Santos é recapturado

Ele foi condenado a 15 anos de prisão pelo sequestro de Patrícia Abravanel em agosto de 2001

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

28 de maio de 2010 | 06h23

Policiais militares responsáveis pelo patrulhamento na região de Itaquera, na zona leste de São Paulo, recapturaram, no início da noite de quinta-feira, 27, Marcelo Batista dos Santos, o "Pirata", acusado de participação no sequestro de Patrícia Abravanel, filha do empresário Silvio Santos, dono do SBT.

 

Foragido do Presídio de Tremembé, no interior do estado, Batista foi abordado pelos policiais numa das ruas da Vila Progresso e tentou fugir por uma viela de uma favela, mas acabou detido e ainda apresentou um documento de identidade falso, mas foi descoberto. Em contato com a família do criminoso os PMs descobriram o nome verdadeiro dele.

 

Marcos Batista foi encaminhado ao 32º Distrito Policial, de Itaquera. Com ele os policiais apreenderam uma pequena porção de entorpecente. "Pirata" será encaminhado nesta manhã provisoriamente ao 63º Distrito Policial, da Vila Jacuí, de onde deve ser transferido para algum Centro de Detenção Provisória.

 

Sequestro

 

Marcelo Batista Santos, Luciana Santos Sousa e Tatiane Pereira foram condenados a 15 anos de prisão pelo sequestro de Patrícia, crime ocorrido em agosto de 2001. Patrícia foi libertada após sete dias no cativeiro, quando o resgate foi pago.

Tudo o que sabemos sobre:
Sílvio SantosPatrícina Abravanel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.