Senado debate pena ampliada

A comissão do novo Código Penal, em discussão no Senado, propôs que o detento flagrado usando celular tenha pena ampliada de 3 meses a 1 ano. Em agosto de 2009, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei 12.0212, que já tornou crime entrar com celular nesses estabelecimentos. As penas previstas também são de 3 meses a 1 ano de prisão.

O Estado de S.Paulo

19 Novembro 2012 | 02h01

Parentes de presos e advogados estão obrigados a deixar os aparelhos na portaria das penitenciárias. Mas não há punição criminal para os detentos - só se registra falta disciplinar grave, como determina uma legislação federal aprovada há cinco anos. Dados de 2008 do governo paulista, porém, indicavam até 900 apreensões de celulares nas prisões por mês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.