Senado aprova projeto que pune crime online

O Senado aprovou ontem, em votação simbólica, o substitutivo do relator Eduardo Braga (PMDB-AM) ao projeto de lei que tipifica crimes online. A proposta altera o Código Penal, introduzindo crimes como invasão da rede de computadores ou de equipamentos e clonagem de cartão de crédito em lojas. As penas variam de 3 meses a 3 anos de detenção, mais multas. O texto original, do deputado Paulo Teixeira (PT-SP), foi modificado pelos senadores e por isso terá de voltar à Câmara dos Deputados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.