Semana começa fria, mas terá novo aumento de temperaturas em SP

Depois de ficar 41 dias sem chuva, capital paulista pode registrar chuviscos a partir desta segunda

27 Agosto 2012 | 11h45

SÃO PAULO - Após ficar 41 dias sem chuva, a passagem de uma frente fria sobre a capital paulista faz com que as temperaturas baixem e aumenta as chances de precipitações em São Paulo a partir da noite desta segunda-feira, 27. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

A massa de ar frio que atinge o sul do País deve se deslocar e encontrar com o ar quente que deixa São Paulo, após ter causado o recorde de ar seco na última semana. A junção das duas massas faz com que ocorram precipitações na capital paulista. O Inmet espera que ocorram chuviscos no centro e leste de São Paulo na noite desta segunda.

Haverá aumento de nebulosidade e, sem sol, o paulista voltará a sentir frio. A temperatura mínima esperada para esta segunda é de 14ºC, enquanto a máxima não passa dos 24ºC.

As chances de chuva aumentam também ao longo da próxima terça-feira, 28, quando a umidade relativa do ar pode atingir o pico de 80%. A previsão é de que a temperatura mínima chegue aos 13ºC, enquanto a máxima fica em 19ºC. Os termômetros devem continuar registrando baixa ainda durante a quarta-feira, 29.

No entanto, o Inmet afirma que o clima sofrerá nova reviravolta e o calor volta para a capital. A saída da frente fria irá esquentar o ar que, por consequência, volta a ficar seco, a partir de quinta-feira, 30. O instituto calcula aumento de temperaturas ao longo da próxima quinta, que pode registrar máxima de 24ºC. Já na sexta-feira, 31, os termômetros da capital paulista podem atingir o pico de até 30ºC.

Recorde de ar seco. Na terça-feira, 21, a capital paulista registrou o dia mais seco desde 2009, quando as estações de medição da umidade relativa do ar do Instituto Nacional de Meteorologia apontaram índice de 10%. O dado é considerado alarmante pela Defesa Civil, que colocou toda a cidade em estado de emergência na data.

Mais conteúdo sobre:
previsão do tempo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.