Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Semana começa com pancadas de chuva em São Paulo

Nebulosidade traz aumento de umidade na capital paulista; temporais causam estragos em cinco cidades no interior

Ana Paula Niederauer e José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

02 Outubro 2017 | 09h05
Atualizado 02 Outubro 2017 | 17h14

SÃO PAULO E SOROCABA - A nova frente fria que avança pelo Estado de São Paulo deixa o tempo instável na capital paulista no início da semana, principalmente nesta segunda-feira, 2.

O interior, sul e noroeste do Estado de São Paulo amanheceram com chuva nesta segunda-feira.

Fabiana Weicamp, meteorologista da Climatempo, diz que são esperadas para a capital paulista chuvas de intensidade moderada a forte ao longo do dia, acompanhada de descargas elétricas e com possíveis rajadas de ventos.

Na terça-feira, 3, há previsão de chuviscos e chuva fraca entre a madrugada e boa parte da manhã, mas com baixo potencial. 

A temperatura na capital paulista fica amena, com mínima prevista 16ºC e a máxima em torno dos 24ºC, com umidade do ar acima dos 60%.

Há previsão de chuva para a região do Triângulo Mineiro, para o Sul de Minas e o centro-sul do Rio de Janeiro.

Esta segunda-feira tem calor intenso e sol no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte, mas as pancadas de chuva com raios voltam a ocorrer no fim da tarde e à noite. Em Vitória, o sol aparece forte e faz calor.

Estragos no interior

Depois de quase três meses de estiagem, chuvas com rajadas de vento causaram estragos em ao menos cinco cidades do interior de São Paulo, entre a noite de domingo e a manhã desta segunda-feira. Em Marília, no noroeste paulista, ao menos 30 casas foram destelhadas nos bairros Maracá e Residencial Montana, na zona norte. O vento derrubou árvores e arrancou placas de publicidade. O estande de vendas de um empreendimento imobiliário foi destruído.

Em Bauru, houve destelhamentos e inundações. Quatro árvores caíram na área urbana, interditando vias públicas. Uma erosão causou a interdição parcial de uma faixa no km 348 da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-225).

O temporal atingiu também Américo de Campos, onde a força do vento derrubou a cobertura do palco da Festa do Peão, no Recinto de Exposições, na madrugada desta segunda. De acordo com a prefeitura, o acidente aconteceu depois do encerramento de um show sertanejo, quando o local já esta vazio, por isso, ninguém ficou ferido.

Em Catanduva, a chuva forte causou alagamentos no bairro Santa Paula. Casas e estabelecimentos comerciais foram invadidos pela água.

Ja em Itapura, no extremo noroeste, o temporal destelhou ao menos dez casas. Uma torre metálica caiu sobre uma residência, mas ninguém se feriu. As famílias foram transferidas para as casas de parentes. A estação meteorológica da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Ilha Solteira registrou ventos de 77 quilômetros por hora na região.

Mais conteúdo sobre:
Climatempo São Paulo [cidade SP] Chuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.