Semáforo apagado congestiona Avenida dos Banderiantes

Por volta das 9h, CET registrava 37 km de lentidão em toda a cidade, a maioria na zona sul

Solange Spigliatti, estadao.com.br

15 Janeiro 2009 | 09h12

O conserto de um semáforo na Avenida dos Bandeirantes, na zona sul de São Paulo, causava um grande congestionamento na via por volta das 9 horas desta quinta-feira, 15.   Veja também: Como o trânsito parou SP e números da frota  Dossiê Estado: os números do trânsito em SP   Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua     Os traços em vermelho representam trechos congestionados nesta manhã. Fonte: CET   Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a região concentrava grande parte dos semáforos com problemas, causados pelas chuvas de ontem.   Às 9h06, a CET registrava 37 quilômetros de lentidão em toda a cidade, a maioria na zona sul da capital paulista.   Piores trechos congestionados   - Avenida dos Bandeirantes, sentido Marginal, entre Praça Alvorada e Viaduto Aliomar Baleeiro, com 5.950 metros; sentido Imigrantes, entre Viaduto João Julião da Costa Aguiar e Rua Guaraiuva, com 2.361 metros; - Corredor Norte-sul, sentido Aeroporto, entre Viaduto Beneficência Portuguesa e Rua Ribeiro de Lima, com 4.250 metros;   Situação dos principais corredores   Zona Sul - Avenida dos Bandeirantes: sentido Marginal, entre Praça Alvorada e Viaduto Aliomar Baleeiro, com 5.950 metros; sentido Imigrantes, entre Viaduto João Julião da Costa Aguiar e Rua Guaraiuva, com 2.361 metros   Zona Oeste - Ligação Leste-Oeste: sentido Lapa, entre Avenidas Vinte e Três de Maio e Alcantara Machado   Zona Norte - Corredor norte-sul: sentido Aeroporto, entre Viaduto Beneficência Portuguesa e Rua Ribeiro de Lima   Zona Leste - Radial Leste: sentido Centro, pista expressa entre Rua Wandenkolk e Viaduto Alcântara Machado   Centro - Avenida do Estado: sentido Santana, pista expressa entre Ruas Pacheco e Chaves e Wilson

Mais conteúdo sobre:
trânsito SP Verao 2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.