Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Sem-teto retirados de prédio no centro acampam em frente à Câmara de SP

De acordo com a FLM, aproximadamente 450 pessoas estão na Praça General Craveiro Lopes

Luciana Fadon Vicente, Central de Notícias

18 de novembro de 2010 | 12h29

SÃO PAULO - As famílias de sem-teto que ocupavam um prédio do INSS no centro de São Paulo, e que foram retiradas do local na manhã desta quinta-feira, 18, estão acampadas numa praça em frente à Câmara Municipal de São Paulo, segundo Carmen da Silva Ferreira, da Frente de Luta por Moradia (FLM). Cerca de 450 pessoas estariam no local.

 

Veja também:

mais imagens Imagens da reintegração de posso no centro

 

Segundo a representante da FLM, os sem-teto devem permanecer no local até que possam ser atendidos por governantes em Brasília, pela Caixa Econômica Federal, pelo INSS e por grupo de direitos humanos, e obter uma solução definitiva para o problema das moradias.

 

Cerca de 550 famílias, mais de 900 pessoas, desocuparam pela manhã o prédio do INSS localizado na Avenida 9 de Julho. A ação teve apoio da PM e da CET, e foi realizada de maneira pacífica. O prédio está abandonado há pelo menos 20 anos e já foi ocupado de grupos de sem-teto quatro vezes. Em negociação, os governos federal, estadual e municipal acordaram em transformar o local em 540 unidades de habitação popular.

Tudo o que sabemos sobre:
moradiassem-tetoINSSCâmaraSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.