Sem-teto morre com 60% do corpo queimado

O morador de rua Daniel Pinto dos Santos, de 26 anos, morreu ontem em Salvador após ter 60% do corpo queimado. O ataque ocorreu no início da madrugada. Segundo a 1.ª Delegacia, Santos dormia coberto por placas de papelão, na Avenida Joana Angélica, no centro, quando quatro homens - ainda não identificados - desceram de um carro e atearam fogo nele. Em chamas, o sem-teto ainda correu até a Estação da Lapa, onde foi encaminhado por PMs para um hospital, mas não resistiu.

O Estado de S.Paulo

08 Julho 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.