Sem-teto fazem caminhada rumo ao Palácio dos Bandeirantes

Grupo cobra do governo agilidade no acordo para construção de moradias para famílias em acampamentos

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

13 de agosto de 2007 | 15h58

Cerca de 300 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) iniciaram na tarde desta segunda-feira, 13, uma passeata rumo ao Palácio dos Bandeirantes, zona oeste de São Paulo. O grupo pretende cobrar do governo paulista agilidade no acordo para a construção de moradias para famílias dos acampamentos João Cândido e Chico Mendes.  Os sem-teto partiram da Praça Nicola Vivilechio, em Taboão da Serra, e da estação Campo Limpo do Metrô. Às 12h50, o grupo atravessava a Avenida Professor Francisco Morato, na altura da Rua Doutor Luís Migliano, no Butantã. Segundo o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), a manifestação era pacífica.  De acordo o MTST, o principal empecilho para a construção das casas é encontrar terrenos que atendam às exigências da Caixa Econômica Federal e da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU). Outro problema, ainda segundo o movimento, é a burocracia imposta pela prefeitura e poder legislativo de Itapecerica da Serra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.