GABRIELA BILÓ/ ESTADÃO
GABRIELA BILÓ/ ESTADÃO

Sem-Teto fazem ato para reivindicar 'Minha Casa Minha Vida'

Dilma prometeu que 3ª fase do programa federal será lançado em 10 de setembro; MTST diz que País vai 'parar' se data não for cumprida

O Estado de S. Paulo

06 de agosto de 2015 | 19h01

SÃO PAULO - O Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) bloqueou a Avenida Paulista na tarde desta quinta-feira, 6, para reivindicar o lançamento da terceira fase do programa Minha Casa Minha Vida. Eles também protestaram contra reintegração de posses e pediram a regularização de terrenos ocupados pelo grupo.

Cerca de 10 mil pessoas, segundo o movimento, se reuniram no vão do Masp às 14h. A Polícia Militar acompanhou a manifestação, mas não deu estimativa de público.

Pelas 15h30, eles saíram em caminhada em direção ao escritório da presidência da República, na mesma via, interditando a via no sentido Paraíso. Uma comissão do MTST foi recebida no local para conversar sobre o programa federal.

Pelo Twitter nesta quarta-feira, 5, a presidente Dilma Rousseff afirmou que o governo vai lançar no dia 10 de setembro a terceira etapa do Minha Casa Minha Vida. Dilma tem anunciado o lançamento do programa habitacional desde o início do ano passado, pelo que tem sido cobrada por movimentos sociais.

O MTST promete "parar" o País com mais protestos se houver atrasos nas datas. "Se dia 10 de setembro os contratos não saírem, o país pega fogo", afirmou o movimento pelo Facebook.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.