Sem previsão de chuva, SP tem nível crítico de umidade do ar

Índice de umidade do ar chegou aos 21% na quarta e deve continuar na casa dos 20% nesta quinta-feira

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

04 de setembro de 2008 | 08h47

A capital terá mais um dia quente, com predomínio do sol, poucas nuvens e com baixa umidade relativa do ar nesta quinta-feira, 4. O índice de umidade do ar deve ficar por volta dos 20%, segundo previsão do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). O índice é menor que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que recomenda no mínimo 30% de umidade do ar.  Veja também:Frente fria se aproxima de SP e ameniza o calorO que fazer para amenizar os efeitos do ar seco A previsão do tempo para a sua cidade       Na tarde de quarta, os índices de umidade relativa do ar voltaram a atingir níveis críticos, chegando aos 21%, segundo a estação automática do Mirante de Santana do Instituto nacional de Meteorologia (Inmet). Nesta quinta, o tempo seco e ensolarado deve provocar mais uma tarde com temperaturas elevadas na Grande São Paulo, onde as máximas vão oscilar em torno de 31º. O tempo segue seco e estável até o final da semana, dificultando a dispersão de poluentes e prejudicando a qualidade do ar na capital paulista. Com a falta de chuva e o predomínio de ar seco, os dias devem continuar com muito sol e temperaturas em elevação ao longo do dia, apesar de madrugadas com temperaturas amenas. No fim de semana uma frente fria desloca-se pelo oceano, causando aumento de nebulosidade e chuvas isoladas na faixa litorânea.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.