Sem 'Habite-se', shopping de luxo é multado em R$ 23 mi

Bourbon Shopping Pompéia tem 60 dias para apresentar documentos que faltam para regularização

Eduardo Reina, O Estado de S. Paulo

31 de março de 2008 | 19h06

A Subprefeitura da Lapa multou, nesta segunda-feira, o Bourbon Shopping Pompéia em R$ 23 milhões, por desconformidade na área construída aprovada na planta e o efetivamente realizado. Cabem recursos administrativo e judicial contra a medida. O Grupo Zaffari, responsável pela obra, ainda analisa a penalidade e deve decidir, nas próximas horas, o tipo de recurso que deve adotar. O shopping foi inaugurado há três dias, na sexta-feira, depois de ter a abertura adiada devido à falta de Habite-se.   "O shopping é totalmente regularizável. Não interditamos porque no aspecto de segurança estava tudo certo. A empresa foi notificada de que seria multada se abrisse suas portas ao público sem o certificado de conclusão de obra ('Habite-se')", afirmou a subprefeita da Lapa, Luiza Nagib Eluf.   A administração do shopping protocolou, nesta segunda-feira, recurso contra os dois indeferimentos do 'habite-se' e começou a entregar a documentação que faltava. O grupo tem 60 dias para apresentar toda a documentação.   A polêmica em torno da inauguração do empreendimento, considerado de alto padrão, começou na semana passada, quando foi adiada por um dia, em razão de a documentação completa não ter sido apresentada à subprefeitura. Apesar da abertura para o público, o Grupo Zaffari, administrador do empreendimento, ainda tem de resolver algumas pendências.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.