Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Cantareira fica estável; Guarapiranga sobe pelo quinto dia consecutivo

Volume do principal manancial permanece em 19,7%; já o atual responsável por abastecer mais pessoas aumenta para 77,4%

O Estado de S. Paulo

07 Julho 2015 | 10h36

SÃO PAULO - O nível do Sistema Cantareira, que abastece 5,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo e na capital, ficou estável nesta terça-feira, 7. O volume do manancial permaneceu em 19,7%, segundo relatório diário divulgado pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

O índice divulgado pela Sabesp considera duas cotas de volume morto, de 182,5 bilhões de litros de água e de 105 bilhões, acrescentadas ainda no ano passado. De acordo com o cálculo negativo do sistema, o Cantareira permanece com -9,6%. 

Já no Guarapiranga, que é responsável por abastecer o maior número de pessoas na Grande São Paulo e capital, com 5,8 milhões de consumidores, o nível cresceu novamente e está em 77,4%, com variação de 0,1 ponto porcentual em relação à segunda-feira. Foi a quinta alta consecutiva do manancial. 

Outros mananciais. O Alto Tietê registrou queda de 0,1 ponto porcentual e está com 20,6%. Alto Cotia também perdeu 0,1 e está em 65,5%. Rio Claro está com 73,9%, 0,1 ponto porcentual a mais do que no dia anterior.  Já Rio Grande ficou estável em 93,3%.

Mais conteúdo sobre:
crise da água sistema cantareira

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.