Sem a capital, Grande SP tem alta de 19,8%

Enquanto a capital paulista teve redução de 20,8% nos homicídios, as outras cidades da Região Metropolitana fizeram o caminho oposto: somados, os 38 municípios tiveram aumento de 19,8% no total de assassinatos, de 86 casos em agosto de 2012 para 103 no mês passado.

Bruno Paes Manso e Daniel Trielli, O Estado de S.Paulo

26 Setembro 2013 | 02h07

O maior aumento foi em Guarulhos, que viu os homicídios dobrarem, de 8 para 16 casos. Com a alta, a cidade reverte o quadro de quedas acumuladas deste ano. Quando somados os assassinatos de janeiro a julho há um aumento de 0,9%, de 112 para 113 casos. Até julho, no entanto, esse índice era de -7%, puxado por reduções fortes na criminalidade em março, abril e maio.

De todas as cidades da Grande São Paulo exceto a própria capital, quase a metade (18) teve aumento de homicídios. Dez registraram o mesmo número de casos que em agosto do ano passado.

Outros dez municípios tiveram queda no total de casos. Os maiores destaques positivos foram Itapevi, que teve queda de 85,7% (de 7 casos para 1) e Francisco Morato, que em agosto de 2012 teve quatro assassinatos e, no mês passado, zerou essa conta.

Mais conteúdo sobre:
Homicídios SP São Paulo roubos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.