Seis são presos e 600 aves são apreendidas na zona leste

Animais silvestres teriam vindo de Minas Gerais e seriam distribuídos na capital paulista

Solange Spigliatti, do estadao.com.br

15 de julho de 2007 | 16h02

Seis pessoas foram presas e cerca de 600 aves foram apreendidas na manhã deste domingo, 15, após investigações da polícia sobre uma quadrilha que traficava animais silvestres. De acordo com policias da 7º Seccional, os animais teriam vindo de Minas e seriam distribuídos em São Paulo.A prisão aconteceu por volta das 6 horas, quando os primeiros compradores chegaram à rua Cachoeira Escaramuça, no Itaim Paulista, zona leste da cidade, logo após a chegada dos animais. A casa era usada também como depósito dos animais.Os suspeitos, Erivaldo Ângelo de Melo, Jeferson dos Santos Almeida, Mario Cesar Braga de Jesus, José Victor de Almeida, Geraldo Gomes da Silva e Geraldo Luís de Melo, devem responder por crime ambiental e formação de quadrilha.

Mais conteúdo sobre:
Tráfico de animais

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.