Gilberto Marques/Governo de São Paulo
Gilberto Marques/Governo de São Paulo

Seis são presos e 2,5 toneladas de maconha são apreendidas pela Rota

Patrulha da tropa de elite da PM localizou droga transportada entre Francisco Morato e a capital paulista

Bibiana Borba, O Estado de S.Paulo

26 Abril 2017 | 07h09

SÃO PAULO - Cerca de 2,5 toneladas de maconha foram apreendidas na Grande São Paulo entre a noite de terça-feira, 25, e a madrugada desta quarta-feira, 26, em ações das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), o grupo de elite da Polícia Militar paulista. Seis pessoas da mesma quadrilha foram presas após abordagens em três locais.

Por volta das 22h30, uma equipe que fazia patrulhamento na Rodovia Fernão Dias, na zona norte da capital, abordou uma Kombi e um Fiat Palio suspeitos de transitar em escolta. Foi encontrada quase uma tonelada de maconha, e os quatro ocupantes dos veículos — dois homens e duas mulheres — foram presos.

Eles admitiram que a carga vinha do município de Francisco Morato, na região metropolitana, para distribuição em São Paulo. O endereço de uma casa, indicado pelos presos, levou os policiais a uma nova apreensão e um homem preso. Ele denunciou outro local da cidade onde também foi encontrada grande quantidade de maconha armazenada e mais um suspeito foi preso. 

As duas apreensões em Francisco Morato resultaram em mais 1,5 tonelada da droga. Somadas, as três ações reuniram 2,5 toneladas de maconha. Os presos foram encaminhados ao 73º Distrito Policial de São Paulo (Jaçanã) e à delegacia do município da Grande São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.