Seis pessoas morrem em chacina em São Bernardo

É a quarta chacina deste ano na região metropolitana de São Paulo; no total, já são 20 vítimas

Bruno Lupion, do estadão.com.br

10 de maio de 2010 | 06h13

 

SÃO PAULO - Seis pessoas morreram e três ficaram feridas em uma chacina em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira, 10. A polícia suspeita que o crime tenha sido motivado por uma disputa entre traficantes.

 

O crime ocorreu por volta da uma da manhã, quando três homens encapuzados e armados com pistolas calibre 380 chegaram em um Monza preto e invadiram uma casa na Rua Cora Coralina, no Jardim Industrial, segundo a polícia. Das onze pessoas que estavam no local, cinco homens e uma mulher morreram baleados, principalmente na cabeça e no peito, e três ficaram feridas. Um casal conseguiu se esconder no banheiro da residência e escapou ileso.

 

Entre as vítimas, estaria um traficante de prenome "Róbson", suspeito de ter assumido, nas últimas semanas, o controle do tráfico no Jardim Calux, após a morte do líder anterior. Segundo testemunhas, os homens na linha de sucessão do líder antigo reagiram e juraram "Róbson" de morte, que estaria escondido na casa onde ocorreu o crime.

 

Até a madrugada desta segunda-feira, nenhuma das vítimas havia sido identificada. O crime foi registrado no 1º DP de São Bernardo, onde o casal sobrevivente prestou depoimento. É a quarta chacina deste ano na região metropolitana de São Paulo, elevando a vinte o total de vítimas.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciaSão Bernardochacina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.