Seis pessoas morrem em acidente no interior de SP

Cinco das seis vítimas eram da mesma família; Acidente aconteceu na rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), na região de Araçatuba

Chico Siqueira - Especial para o Estado,

30 Março 2014 | 18h09

ARAÇATUBA - Seis pessoas - cinco da mesma família- morreram em um acidente de trânsito, ocorrido por volta das 21h desse sábado, 29, no quilômetro 343, da rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), na altura do município de Santópolis do Aguapei, na região de Araçatuba. De acordo com a Polícia Rodoviária, há suspeita de quem um dos motoristas estivesse sob efeito de bebida alcoólica.

Segundo o soldado André Souza Lopes, da base da Polícia Rodoviária de Penápolis, que atendeu a ocorrência, chovia no momento do acidente. Um Vectra, dirigido por um homem de 54 anos, que estava sozinho no carro e seguia sentido à rodovia Marechal Rondon (SP-300), entrou na pista contrária e bateu de frente em um Fusca com cinco ocupantes, que seguia no sentido oposto.

"Com o impacto, o Fusca capotou e pegou fogo", disse. Os cinco ocupantes do Fusca, todos parentes e moradores na cidadezinha de Glicério, próxima do acidente, morreram carbonizados. "Quando as viaturas de socorro chegaram, possivelmente uns 45 minutos depois do acidente, todos estavam carbonizados", contou Lopes. O motorista do Vectra também não resistiu. Ele foi identificado e sepultado. Segundo o patrulheiro, as informações eram de que foram encontradas garrafas ou latas de cervejas no Vectra.

Os corpos das cinco vítimas do Fusca foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Araçatuba, mas até as 17h30 não haviam sido identificados oficialmente, embora já se soubesse que seriam um pai, uma mãe e uma filha, e duas irmãs, todos parentes, moradores em Glicério. Segundo o IML, a identificação deveria ser feita por uma equipe de especialistas em antropologia forense que viria de São Paulo para fazer a identificação em Araçatuba.

Mais conteúdo sobre:
acidenteAraçatuba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.