Estadão
Estadão

Segurança suspeito de agredir passageira no Metrô é demitido

Usuária ficou ferida e sangrando no mezanino da Estação Butantã após tentar pular a catraca

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

01 Julho 2014 | 16h13

SÃO PAULO - Um segurança suspeito de envolvimento em um episódio de agressão a uma passageira da Linha 4-Amarela do Metrô de São Paulo foi demitido na semana passada da ViaQuatro, empresa privada que administra o ramal. Um vídeo que circulou na internet mostrou a usuário ferida e sangrando no mezanino da Estação Butantã, na zona oeste.

Ela teria pulado a catraca da estação depois de pedir a seguranças para liberaram a sua entrada, já que havia acabado de efetuar a recarga do Bilhete Único. O cartão, porém, não liberava a sua passagem. O episódio ocorreu no dia 24 de junho.

De acordo com a ViaQuatro, "após apurar internamente os fatos, decidiu desligar de seus quadros o funcionário envolvido na ocorrência". A demissão ocorreu na quinta-feira passada, 26 de junho.

Segundo a empresa, que não divulgou o nome do segurança, "ficou constatado que, apesar de a usuária ter pulado a catraca que dá acesso à área de embarque, a atitude do funcionário é inaceitável e está em completo desacordo com os princípios que norteiam a política de prestação de serviços e de respeito aos clientes da ViaQuatro".

Mais conteúdo sobre:
Metrô Linha 4 agressão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.