Segurança faz blitz contra drogas em camping

A segurança privada do SWU apertou o cerco contra o porte de drogas no camping do festival ontem. Um dos acampados foi flagrado com um tubo no qual guardava cerca de 20 cigarros de maconha, tomados por cinco seguranças. A suspeita é que o rapaz estivesse vendendo a droga. Ele foi apenas advertido.

O Estado de S.Paulo

14 Novembro 2011 | 03h00

As regras do camping são espartanas, quando não um tanto moralistas. Pedem para evitar "trajes inadequados que atentem contra a moral e os bons costumes". É proibido tocar instrumentos musicais após as 22h. Também é proibido levar câmeras fotográficas profissionais, notebooks e câmeras de vídeo. Chapinhas e secadores de cabelo também estão na "lista negra".

O camping tem uma organização perfeita, com armários fechados a chave para guardar itens pessoais, Mas fica em uma área sem árvores, e o vento chegou a derrubar barracas ontem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.