Seguradora nega precedente

A condenação da Air France pela Justiça brasileira levou a AXA, uma das seguradoras da companhia aérea, a reagir. Em nota oficial distribuída em Paris no início da noite de ontem, a seguradora afirma que tem como compromisso "definir em conjunto os critérios necessários a uma indenização rápida e justa às famílias de vítimas", mas anunciou que recorrerá da sentença.

Andrei Netto, O Estadao de S.Paulo

13 Março 2010 | 00h00

"O julgamento de ontem (quinta-feira) (...) não responde aos critérios definidos pela câmara e pela jurisprudência", diz a nota. "Por esse motivo, nós apelaremos da decisão. Logo, no atual estágio o julgamento não pode constituir um precedente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.