Segunda de Cinzas

Bunga-bunga contra

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2013 | 02h04

As ativistas do Femen precisam mudar sua estratégia de luta na Itália! Mulher pelada gritando não parece ser coisa que incomode Silvio Berlusconi.

Nem aí!

Paulo Maluf está tranquilo! A hipótese de o G-20 barrar a entrada de corruptos nos seus países membros não restringiria em nada o direito de ir e vir do ex-prefeito, que já não pode mesmo sair do Brasil faz tempo!

Sobrevivente

O atleta amputado brasileiro Alan Fonteles só agora se deu conta da sorte que deu ao vencer Oscar Pistorius na prova dos 200 metros nos Jogos Paraolímpicos de Londres. Por muito menos, o adversário sul-africano matou a namorada!

Domicílio eleitoral

Comovido com as recentes manifestações pró-Cuba na Bahia, Fidel Castro já fala em terminar a vida em Feira de Santana.

Fora da rede

Bento XVI renunciou também ao Twitter, mas teme que seus mais de 2 milhões de seguidores virtuais cismem de acompanhá-lo pessoalmente no retiro em Castel Gandolfo.

Bolsa cinema

Dilma Rousseff não gostou do resultado do Oscar de melhor filme. Estava torcendo pela premiação de Os Miseráveis!

Presidenciáveis

"Careca é o Eduardo Campos!"

Aécio Neves, dando

prosseguimento ao debate eleitoral inaugurado na semana passada

em Brasília

É mesmo uma espécie de carnaval do cinema! Para os cinéfilos brasileiros - ô, raça! -, ontem foi Segunda-Feira de Cinzas, dava pra ver a ressaca do Oscar nas olheiras da turma que entrou pela madrugada assistindo ao desfile de astros de Hollywood na TV.

Não terminou tão tarde quanto as escolas de samba, mas há de se levar em conta o desgaste emocional de quem apostava em tudo, menos que As Aventuras de Pi seria o filme mais premiado da noite.

Tem gente que vinha se preparando para a ocasião desde antes do carnaval, conferindo um a um nos cinemas os concorrentes à estatueta para eleger seus favoritos e torcer por eles como nem no samba - talvez só no futebol - se vê fanatismo igual.

O bando de loucos por Tarantino ainda teve o prêmio consolação de melhor roteiro original para o diretor, mas ficou visível a decepção da fiel torcida por Spielberg, apontado de véspera como o grande favorito da noite.

No final, "ganha quem erra menos", como se convencionou entre os sambistas. Como diria o Zeca Pagodinho de Hollywood desiludido com os rumos da festa, "o Oscar acabou!". Igualzinho ao carnaval! Vamos trabalhar, gente!

Pior franja

Cereja do bolo na noite do Oscar que a destacou para o anúncio de melhor filme, a primeira-dama Michelle Obama só não levou o prêmio de 'pior franja' da cerimônia porque não existe essa categoria em disputa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.