Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Secretário de Segurança Pública afirma que vai intensificar a ação da Polícia no Morumbi

Polícia Civil já identificou criminosos que fizeram arrastão na Ponte do Morumbi

O Estado de S.Paulo

16 Outubro 2017 | 11h58

SÃO PAULO - O secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, disse em entrevista à Rádio Bandeirantes, na manhã desta segunda-feira, 16, que vai fazer uma ação de saturação na região do Morumbi, zona sul de São Paulo, após arrastão na Ponte do Morumbi.

Ele se refere a um grupo, de pelo menos três homens, que pulou grades, quebrou vidros dos carros e assaltou os motoristas que estavam na Ponte do Morumbi no horário de pico, na terça-feira, 10.

+++ Policial é assassinado em padaria da zonal sul da capital

Segundo o secretário, com base nas imagens, um inquérito policial foi instaurado para apurar a ação dos criminosos. "A Polícia Civil já identificou os bandidos, que estão sendo procurados", disse Mágino.

Na sexta-feira, 13, bandidos fizeram quatro vítimas de uma vez só, em um semáforo na rua Francisco Tramontano, região do Morumbi.

"A população precisa dessa resposta. Vamos agir com muita firmeza e alcançar esses criminosos que circulavam naquela rua", afirmou o secretário.

Sobre o caso da quadrilha que explodiu o cofre de empresa de transporte de valores em Araçatuba (SP) na madrugada desta segunda-feira, o secretário disse que é necessário tornar mais difícil a ação dos bandidos. "A ousadia dos criminosos tem que ser inibida pelas ações mais eficientes das Polícias". 

Ele afirmou que a explosão em cima dos cofres impediu que os assaltantes levassem todo o valor.  "Ainda não há o valor exato que foi subtraído da empresa", comentou Mágino. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.