Promotor é escolhido como adjunto da Segurança Pública

O secretário Mágino Alves Barbosa Filho vai nomear o ex-subprocurador geral Sérgio Turra Sobrane para o cargo

O Estado de S.Paulo

19 Maio 2016 | 23h00

SÃO PAULO - O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, escolheu outro promotor de Justiça para formar a cúpula da sua gestão. Membro do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) desde 1988, Sérgio Turra Sobrane vai assumir o cargo de secretário adjunto da SSP. A nomeação deve ser publicada no Diário Oficial nesta sexta-feira, 20.

Formado em Direito, Sobrane era subprocurador geral de Justiça desde 2014 e atuou na Promotoria de Justiça e Cidadania em São Paulo. Ele assume o cargo que era ocupado por Mágino até a semana passada, antes de ser efetivado como titular da pasta com a saída do advogado Alexandre de Moraes para o Ministério da Justiça e Cidadania.

Nos próximos dias, Mágino também deve nomear um assessor para atuar no gabinete da SSP com foco em Direitos Humanos. Uma das atribuições do cargo é fiscalizar os mecanismos de controle da letalidade policial em São Paulo. A cadeira está vaga desde março, após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir que promotores e procuradores de Justiça não podem mais acumular funções no Judiciário, Legislativo e Executivo.  

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.