Secretaria investiga falta de energia na Linha 4-Amarela do Metrô

Circulação foi interrompida nesta manhã por 45 min devido à falta de alimentação de energia elétrica para os trens; estações foram reabertas às 12h37

Priscila Trindade, estadão.com.br

24 de agosto de 2010 | 17h32

SÃO PAULO - A Secretaria dos Transportes Metropolitanos afirmou que apura as causas da queda de energia que interrompeu a circulação de trens da Linha 4-Amarela do Metrô nesta terça-feira, 24.

 

Em nota, a secretaria disse que a Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões (CMCP) "está monitorando os trabalhos de apuração das causas do incidente para prevenção de futuras ocorrências, bem como avaliando os procedimentos adotados relativos à segurança dos usuários".

 

Segundo a ViaQuatro, empresa que opera a Linha 4-Amarela do metrô, a circulação foi afetada por cerca de 45 minutos nesta manhã devido a falta de alimentação de energia elétrica para os trens.

 

O problema teve início às 11h48. As estações Paulista e Faria Lima e a interligação com a linha 2-verde foram fechadas durante o período. O trem que estava na via foi conduzido por funcionários da ViaQuatro até a Estação Paulista, onde os usuários desembarcaram. Segundo a concessionária, o tempo de espera dentro do trem ficou em torno de 10 minutos. A circulação dos trens restabelecida às 12h37.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.