Secretaria havia dito que empresa vencera licitação

No dia 19 de abril, quando a Prefeitura de São Paulo divulgou a construção de um dique e de um piscinão no Jardim Romano, a assessoria de Imprensa da Secretaria de Infraestrutura e Obras informou à reportagem do Estado que a Queiroz Galvão havia vencido uma licitação de R$ 60 milhões para a realização das obras. O contrato, porém, foi feito sem licitação quase três meses depois. A assessoria do prefeito Gilberto Kassab (DEM) não soube explicar ontem como ocorreu o erro de informação.

, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2010 | 00h00

O contrato de emergência só foi comunicado oficialmente pelo governo no dia 2 de julho, num extrato de 11 linhas publicado no Diário Oficial da Cidade. A Comissão de Finanças da Câmara Municipal também pediu em requerimento detalhes sobre os custos do contrato, mas ainda não obteve resposta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.