Secretaria havia dito que empresa vencera licitação

No dia 19 de abril, quando a Prefeitura de São Paulo divulgou a construção de um dique e de um piscinão no Jardim Romano, a assessoria de Imprensa da Secretaria de Infraestrutura e Obras informou à reportagem do Estado que a Queiroz Galvão havia vencido uma licitação de R$ 60 milhões para a realização das obras. O contrato, porém, foi feito sem licitação quase três meses depois. A assessoria do prefeito Gilberto Kassab (DEM) não soube explicar ontem como ocorreu o erro de informação.

, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2010 | 00h00

O contrato de emergência só foi comunicado oficialmente pelo governo no dia 2 de julho, num extrato de 11 linhas publicado no Diário Oficial da Cidade. A Comissão de Finanças da Câmara Municipal também pediu em requerimento detalhes sobre os custos do contrato, mas ainda não obteve resposta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.