Secretaria diz que há fiscais em 98,9% dos municípios

A Secretaria de Estado da Saúde informou que, dos 645 municípios paulistas, 638 (98,9%) tiveram funcionários da Vigilância Sanitária capacitados para atuar como fiscais da lei antifumo. Além disso, cerca de 500 fiscais da Vigilância Sanitária e do Procon foram treinados para fiscalizar o cumprimento da lei.

, O Estado de S.Paulo

02 de novembro de 2010 | 00h00

Segundo a pasta, até 31 de julho foram 360.741 inspeções em todo o Estado e 822 multas foram aplicadas, o que significa índice de descumprimento de 0,22%. A região do Alto Tietê e Guarulhos apresentou o maior desrespeito à lei: 0,67% das inspeções resultaram em multas (54 autuações em 8.065 visitas).

Uma pesquisa feita pelo Ibope apontou que 49% dos fumantes disseram ter reduzido o consumo de cigarros desde o início da vigência da lei antifumo. O estudo também mostrou que 92% dos fumantes aprovam a lei.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.