Secretaria convoca entidades para firmar convênios

A Secretaria Municipal de Educação de São Paulo divulga hoje chamamento público para atrair entidades não governamentais para fazer convênio para atendimento em creches. A meta da Prefeitura é criar até o fim do mandato 100 mil vagas em creche com a rede conveniada.

Paulo Saldaña, O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2013 | 02h02

O secretário de Educação, Cesar Callegari, afirmou que pretende fortalecer os convênios, afastando as suspeitas levantadas durante a campanha eleitoral de que a gestão petista acabaria com as parcerias. Lideranças petistas mantiveram críticas frequentes sobre a decisão do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) em ampliar a rede, sobretudo com as políticas de convênios.

"Queremos fortalecer a rede de cooperação, mas vamos ampliar com qualidade", defende Callegari, ressaltando que a secretaria finalizou neste ano 38 convênios considerados irregulares e que colocavam a segurança das crianças em risco.

Pelos planos da Prefeitura, essa modalidade representará a maior parte das vagas a serem criadas por Fernando Haddad (PT). As 243 novas creches prometidas por Haddad devem abrir 55 mil vagas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.