Secretaria alerta para fraudes em IPVA

Falsos boletos têm sido enviados a residências de proprietários de veículos em São Paulo

O Estado de S. Paulo

01 de janeiro de 2016 | 16h48

SÃO PAULO - A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo divulgou, na última quinta (31), um alerta sobre tentativas de golpe no pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). De acordo com nota da secretaria, boletos com cobrança indevida estão sendo distribuídos em todo o estado. A pasta também teria sido informada a respeito de sites que utilizam o nome do governo para colher informações pessoais de proprietários de veículos registrados em São Paulo.

Conforme frisa a secretaria, há apenas duas maneiras para quitar o imposto, anual: pelo site da Secretaria da Fazenda ou por meio de bancos credenciados. O número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) é necessário em ambos os casos. Ou seja: a correspondência enviada para as residências dos proprietários de veículos - neste ano, 17,5 milhões foram emitidos, de acordo com a secretaria - são apenas avisos com instruções e informações para o pagamento do imposto, e não boletos bancários. Tais avisos, referentes ao IPVA 2016, já começaram a ser enviados. 

A Secretaria disponibiliza dois canais para que contribuintes possam tirar eventuais dúvidas: o site oficial (www.ipva.fazenda.sp.gov.br) e o telefone 0800-170110 (ligação gratuita, mas só recebe chamadas de telefone fixo). 

No total, a frota de veículos do Estado de São Paulo é de cerca de 23,5 milhões. Estão sujeitos ao imposto 17,5 milhões deles. Veículos com mais de 20 anos de fabricação (5,7 milhões) estão isentos. Também não pagam o tributo taxistas, pessoas com deficiência, igrejas, entidades sem fins lucrativos, veículos oficiais e ônibus urbanos - um total de aproximadamente 250 mil.

Tudo o que sabemos sobre:
Ipva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.