Seção de Achados e Perdidos tem até muleta e dentadura

O Metrô divulgou nesta semana balanço dos itens perdidos em suas dependências ao longo do ano passado. No total, 37 mil objetos foram parar na seção de Achados e Perdidos da companhia. O que mais aparece são documentos, carteiras, celulares, guarda-chuvas, óculos e peças de vestuário. Mas há quem perca até dentaduras, colchões, pranchas de surfe e muletas. O índice médio de devolução é de 26% - os celulares são os campeões nesse quesito, com 70%.

, O Estado de S.Paulo

15 de abril de 2011 | 00h00

Há duas centrais de Achados e Perdidos no Metrô. Uma fica na Estação Sé e a outra, no Largo 13. Os objetos ficam armazenados por até 60 dias. Caso não sejam procurados nesse período, passam por um processo de triagem - documentos são devolvidos aos órgãos emissores e objetos e valores são doados ao Fundo Social de Solidariedade de São Paulo.

Caso tenha perdido algo no Metrô, procure um funcionário ou ligue para 0800-7707722.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.