Sargento é baleado e viaturas são atacadas

Uma troca de tiros na madrugada de ontem terminou com um policial baleado e um criminoso morto na zona leste. O sargento Agnaldo, comandante da Força Tática d0 20.º Batalhão da Polícia Militar, foi atingido na perna, mas passa bem. O suspeito faria parte de um grupo que planejava atacar a base policial do Jardim Helena, em São Miguel Paulista.

O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2012 | 03h01

Uma denúncia levou os policiais até um campo de futebol, no Jardim Pantanal, onde o grupo se reunia. Lá, segundo a PM, os soldados foram recebidos a tiros. Com o suspeito morto, foram apreendidos um revólver 38 e munições. Ninguém foi preso.

Em Taboão da Serra, na Grande São Paulo, três viaturas em patrulha foram atacadas. Uma dupla em uma moto disparou contra os veículos - nenhum tiro acertou os carros ou os policiais. Já na Avenida dos Funcionários Públicos, no Jardim Ângela, zona sul, três ônibus foram incendiados, segundo a PM, em protesto a uma morte. A corporação, porém, não ligou os incidentes aos ataques nem deu mais informações. / JULIANA DEODORO e A.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.