Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Sargento da PM morre ao testemunhar roubo em SP

Policial foi ferido no peito e morreu no hospital; assaltantes fugiram com as máquinas caça-níqueis de um bar

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

04 de abril de 2008 | 02h43

O terceiro sargento Domarcindo Naia Filho, de 41 anos, foi morto por volta das 18h30 de quinta-feira, 3, ao testemunhar um assalto na zona sul da capital paulista. Ele foi ferido no peito por um dos três assaltantes que roubaram um bar localizado na esquina da Rua Afonso Dias com a Rua Domingos Luis Grou, no Jardim Piracuama, região do Campo Limpo.   À paisana, o sargento foi morto com um tiro no peito por um dos três jovens que se preparavam para fugir em uma perua Kombi na qual haviam colocado três máquinas caça-níqueis roubadas do estabelecimento. Segundo testemunhas, todos eram aparentemente menores de 18 anos. Ferido, o policial foi encaminhado ao pronto-socorro do Hospital Municipal Dr. Fernando Mauro Pires Rocha, no Campo Limpo, onde morreu.   Segundo boletim de ocorrência registrado no 37º Distrito Policial, os três criminosos entraram no bar, renderam o dono e alguns clientes e roubaram celulares e dinheiro.   As vítimas ficaram trancadas no banheiro enquanto os assaltantes recolhiam as máquinas. Elas ouviram quatro disparos e o som da Kombi deixando o local. Ao saírem do banheiro, encontraram o sargento caído e ferido no peito.   A polícia apura se o sargento, ao testemunhar o assalto, teria sacado a arma para deter os bandidos. A outra hipótese é que os criminosos, ao verem ele entrando no bar, tentaram rendê-lo e trocaram tiros com o policial. A pistola 380 da vítima também foi levada.   O corpo de Domarcindo, que estava em seu quarto dia de licença-prêmio, até as 2 horas desta sexta-feira, 4, ainda estava no IML Central da cidade. O enterro do policial ocorrerá em Ourinhos, a 350 quilômetros de São Paulo.   Texto atualizados às 5h10

Tudo o que sabemos sobre:
morte de policialassalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.