DARIO OLIVEIRA/CÓDIGO19
DARIO OLIVEIRA/CÓDIGO19

São Paulo tem a tarde mais fria do ano em dia típico de outono

Temperatura máxima registrada no Mirante de Santana, na zona norte, foi de 18°C às 15h; previsão é de mais frio e nebulosidade

O Estado de S. Paulo

01 Junho 2015 | 17h18

Atualizado às 18h47

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo registrou nesta segunda-feira, 1° de junho, a tarde mais fria do ano. A temperatura máxima marcada na estação meteorológica do Mirante de Santana, na zona norte da capital, foi de 18°C às 15 horas.

O recorde anterior de tarde mais fria era do domingo, 31, quando os termômetros mediram 18,4°C. Já no sábado, 30, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou a mínima de 13,1°C na madrugada, menor temperatura do ano para qualquer horário.

A combinação de nebulosidade, chuva e ar polar baixaram a temperatura em todas as regiões do Estado nos últimos dias, de acordo com a Climatempo. A forte queda da temperatura começou a ser observada a partir do dia 28 de maio, quando a passagem de uma frente fria por São Paulo trouxe pancadas de chuva e o ar polar.

O predomínio de ar polar e da nebulosidade impediram a entrada do sol nesta segunda-feira na capital paulista e a temperatura caiu ainda mais. O dia começou com termômetros na casa dos 14,9ºC. Com baixa amplitude térmica, este é um dia típico de outono, explica o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura.

Previsão. A terça-feira vai começar com mais frio, com formação de névoa úmida, garoa isolada e céu com muitas nuvens. A média das temperaturas ao amanhecer deve ficar em torno dos 14ºC e a máxima não ultrapassa os 20ºC durante a tarde.

Mais conteúdo sobre:
Frio recorde de frio São Paulo Climatempo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.