São Pedro já adota racionamento; Franca vai começar

Em São Pedro (SP), cidade turística na região de Piracicaba, o racionamento já é realidade. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saaesp) determinou o rodízio por quatro horas diárias, considerando a baixa vazão do Ribeirão Pinheiro.

O Estado de S.Paulo

05 de setembro de 2012 | 03h08

Já em Franca, a Sabesp anunciou que deve haver racionamento. O planejamento inicial é de que até 20 mil imóveis fiquem durante oito horas, todos os dias, com as torneiras secas. A cidade tem histórico de problemas de abastecimento e iniciou nesta semana uma obra orçada em mais de R$ 160 milhões para buscar água em um rio a quase 30 quilômetros de distância.

Sem rodízio oficial, alguns bairros de Ribeirão Preto e cidades menores, como Altinópolis e Viradouro, têm desabastecimento em alguns horários. /R.B. e R.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.