Estadão
Estadão

São Paulo vive madrugada violenta com 12 mortes e 10 pessoas feridas

Taboão da Serra, na Grande São Paulo, e zonas sul e norte da capital foram as regiões com vítimas fatais

Juliane Freitas e Cecília Leite, O Estado de S.Paulo

19 Novembro 2012 | 09h06

Em Taboão da Serra, na Grande São Paulo, três pessoas morreram e três ficaram feridas em uma chacina na Rua Catorze de Novembro, na madrugada desta segunda-feira, 19. Os sobreviventes foram socorridos ao Hospital Antena e não há informação sobre seu estado de saúde.

Na capital, duas pessoas morreram e duas ficaram feridas, após serem baleadas na Rua Pinheiro Chagas, na região de Cidade Dutra, na zonal sul. As quatro vítimas foram levadas para o pronto-socorro do Hospital Grajaú. Duas delas não resistiram aos ferimentos. O caso deve ser registrado no 101º Distrito Policial do Jardim das Imbuías.

Uma pessoa foi baleada por volta das 2h desta segunda-feira, na Avenida São Miguel, altura do número 3.300, no bairro da Ponte Rasa, zona leste da capital paulista.

Outras duas vítimas foram encontradas com ferimentos causados por arma de fogo na região central da cidade, uma delas na Rua Barão de Itapetininga e a outra na rua Duque de Caxias. Ambas foram socorridas à Santa Casa de Misericórdia, por volta da 1h20 desta madrugada. Não havia testemunhas.

Na Favela da Minhoca, na região do Grajaú, quatro pessoas foram baleadas e duas morreram durante esta madrugada.

Um homem foi morto a tiros em Perus, na região norte. Ele foi socorrido por policiais do 49.º Batalhão da PM, segundo informações da Rádio Joven Pan. De acordo com a emissora, outras quatro pessoas foram vítimas fatais da violência em São Paulo desde o início da noite de ontem.

Visualizar Onda de violência em um mapa maior

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.