NILTON FUKUDA/ESTAD?O
NILTON FUKUDA/ESTAD?O

São Paulo terá chuvas e altas temperaturas nesta quinta-feira

Capital já registrou temperaturas altas nesta quarta, com máxima de 32ºC; pancadas de chuva devem acontecer com mais frequência

Juliana Diógenes, O Estado de S.Paulo

12 Outubro 2016 | 22h49

SÃO PAULO - Após registrar temperaturas em torno dos 30ºC nesta quarta-feira, 12, a capital paulista deve começar a sentir as características típicas da primavera nos próximos dias: temperaturas elevadas e temporais isolados geralmente no período da tarde. A previsão do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) é de baixas temperaturas nas primeiras horas da manhã e pancadas de chuva no final da tarde. 

O feriado foi de sol entre poucas nuvens, o que proporcionou elevação das temperaturas. A média na cidade ficou em 30,2ºC. Mas, de acordo com o CGE, em alguns bairros da região norte, como Freguesia do Ó, Pirituba e Jaçanã-Tremembé, os termômetros chegaram a superar os 32ºC. O tempo mudou no meio da tarde, com a chegada da brisa marítima, que favoreceu a formação de chuva isolada. 

Para hoje, a previsão é de tempo similar ao do feriado. Nas primeiras horas do dia devem ser registradas temperaturas mais baixas, em torno de 16°C. A máxima pode chegar a 29°C. As taxas de umidade do ar caem e devem se aproximar dos 35%. 

De acordo com o CGE, no fim da tarde deve haver nova entrada de brisa, com possibilidade de pancadas de chuva localizada – alguns pontos podem ter chuva de forte intensidade. A combinação entre o forte calor e a umidade aumentam as condições para rajadas de vento e granizo. 

Uma rápida frente fria passará pelo litoral do Estado amanhã, mas a variação de temperatura será semelhante à de hoje: de 16°C a 27°C. Entre a tarde e a noite, estão previstas pancadas de chuva na capital e também na região metropolitana.

Sul. A Climatempo alerta para pancadas de chuva nos três Estados da Região Sul do País nos próximos sete dias. Há previsão de ventos com mais de 80 quilômetros por hora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.