Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

São Paulo tem tarde mais fria do ano; No sul do País, frio persiste

Por volta das 15h, temperatura era de 15,6ºC; No RS, São José dos Ausentes registrou -8ºC

Lucas Azevedo e Marcela Gonsalves, estadão.com.br

04 Julho 2011 | 16h02

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo registrou nesta segunda-feira, 4, a tarde mais fria do ano. Os termômetros do Mirante de Santana, na zona norte, marcaram, às 15 horas, 15,6ºC. O recorde anterior foi registrado no último dia 9, quando a temperatura ficou em 15,8ºC. Segundo previsão do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, hoje ainda podem ocorrer chuviscos isolados em alguns pontos da capital paulista por causa dos ventos úmidos do oceano. A previsão é de madrugada gelada, com mínimas em torno de 8ºC.

Amanhã, a quantidade de nuvens deve diminuir e o sol aparece. As temperaturas, porém, não sobem muito e as máximas permanecem abaixo dos 20ºC. Só na quarta-feira é que o sol volta a predominar, elevando um pouco as temperaturas no decorrer do dia. As mínimas oscilam em torno dos 10ºC, enquanto que as máximas podem chegar aos 22ºC.

Rio Grande do Sul. Frio intenso que está sobre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina deve persistir até o final da semana. Para a próxima sexta-feira, estão previstas pancadas de chuva no Oeste gaúcho, o que deve amenizar as temperaturas. A umidade fica sobre a metade norte do Estado por todo o fim de semana.

Até lá, o frio continua forte, com geada nos dois Estados. Conforme a empresa de meteorologia MetSul, as mínimas nesta semana devem ser históricas no Rio Grande do Sul, e se manter negativas por até oito dias seguidos.

Nesta segunda-feira, marcas negativas foram registradas em todas as regiões do Rio Grande de do Sul, com geada em diversos municípios e, em ao menos 18 deles, com temperaturas negativas. As mínimas foram em Quaraí (-4,7ºC), na Fronteira Oeste, e em São José dos Ausentes (-8ºC), nos Campos de Cima da Serra. Em Porto Alegre, a temperatura mais baixa foi 1,3°C.

Santa Catarina. No Estado, termômetros marcaram a -6,2ºC na cidade serrana de Urubici. Entretanto, a sensação térmica chegou a -27ºC. Na capital, Florianópolis, a mais baixa foi 4,6ºC.

Mais conteúdo sobre:
tempofriorecordeSPinverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.