NELSON ANTOINE/FRAME
NELSON ANTOINE/FRAME

São Paulo registra tarde mais fria do ano com apenas 14,4°C

Recorde anterior, de 25 de junho, era de 17,4°C; sensação térmica na madrugada chegou a 6°C na zona norte da capital

O Estado de S. Paulo

05 Julho 2015 | 16h58

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo teve a tarde mais fria do ano neste domingo, com 14,4°C registrados às 15 horas no Mirante de Santana, na zona norte da capital. O recorde anterior era de 17,4°C, no dia 25 de junho.

A temperatura mínima no Mirante de Santana neste domingo, medida pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), foi de 11°C pela manhã - só perdeu em 2015 para os 10,6°C apontados em 27 de junho.

O frio é resultado da forte presença de ar polar e da falta do sol, que dificultam a elevação das temperaturas. Ao meio-dia, o termômetro no Aeroporto de Congonhas, no zona sul, marcava 12°C, com sensação térmica de 10°C. Na madrugada, a sensação térmica chegou aos 6°C na zona norte. A máxima não deve passar dos 16°C. A noite deste domingo continuará gelada e tem previsão de garoa.

Estado. A sensação de frio é generalizada no Estado de São Paulo. Ao meio-dia, pela medição dos aeroportos no Estado, a maior temperatura no interior era de 22°C, em Ribeirão Preto e, no litoral, de 18°C, em Santos. A passagem de um ciclone extratropical pelo litoral deixa o mar agitado, com ondas que podem alcançar dois metros no litoral norte neste domingo.

Mais conteúdo sobre:
frio São Paulo Mirante de Santana

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.