São Paulo tem o maior congestionamento do segundo semestre

CET registra 220 quilômetros de lentidão; companhia acredita que a situação irá piorar nas próximas horas

Fabiana Marchezi, do estadão.com.br,

11 de outubro de 2007 | 19h19

As vias paulistanas reuniram às 19 horas desta quinta-feira, 11, véspera de feriado prolongado de Nossa Senhora de Aparecida, 220 quilômetros de lentidão. O índice corresponde a 26,9% dos 820 km monitorados na cidade e é o maior registrado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) desde a mudança de metodologia de medição de congestionamento, em julho deste ano. Na avaliação da CET, a situação deve piorar nas próximas horas.   Veja também: O que abre e o que fecha no feriado de 12 de outubro em SP  Motorista deve evitar saída para o feriado a partir das 14 horas Estradas têm trânsito pesado na saída para o feriado prolongado Litoral deve ter chuva e capital tem máxima de 34º no feriado Sabesp alerta para possível racionamento de água no litoral Ao vivo: sistema Castelo Branco-Raposo Tavares Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral    A Marginal do Tietê acumulava os dois piores pontos de morosidade da capital. No sentido Ayrton Senna, a pista expressa tinha 14,3 quilômetros de lentidão entre a Rodovia Castello Branco e a Rua Azurita. No sentido oposto, da Castello Branco, havia mais 10,5 quilômetros de trânsito pesado do Hospital Vila Maria até a Ponte Julio de Mesquita Neto.   O motorista que acessava a Marginal do Pinheiros se deparava com 10,2 quilômetros de congestionamento, entre a Rodovia Castelo Branco e a Ponte Engenheiro Ary Torres, no sentido Interlagos.

Tudo o que sabemos sobre:
Trânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.