São Paulo tem o dia mais seco do ano

Segundo medição do Inmet, a umidade relativa do ar não chegava a 15% desde 2009

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

05 de setembro de 2011 | 16h46

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo registrou o dia mais seco desde 2009 nesta segunda-feira, 5. Segundo medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a umidade relativa do ar estava em 15% no Mirante de Santana, zona norte da capital paulista, por volta das 15h. A temperatura alcançou os 31,7ºC.

O índice de umidade caracteriza estado de alerta (entre 12 e 20%). Nesse caso, recomenda-se aos moradores que não façam exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10h e 16h; evitem aglomerações em ambientes fechados; e usem soro fisiológico para olhos e narinas.

Tendência. A terça-feira, 6, ainda começa com sol e temperaturas em elevação. Os termômetros devem variar entre mínimas de 13ºC e máximas em torno dos 25ºC. Entre o final da tarde e a noite a nebulosidade aumenta, e podem ocorrer chuvas fracas e chuviscos na Grande São Paulo. Para o feriado da independência do Brasil, comemorado na quarta-feira, 7, a previsão é de nebulosidade e chuviscos entre a madrugada e as primeiras horas da manhã. No decorrer do dia o tempo melhora e o sol retorna entre nuvens, com temperaturas que variam entre mínimas de 12ºC e máximas de 26ºC.

Atualização do texto às 18h09 para acréscimo de informações

Tudo o que sabemos sobre:
umidade do arsecoSão PauloInmet

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.