São Paulo tem madrugada mais fria do ano

O ar polar ainda terá forte influência no Estado de São Paulo nos próximos dias

da Redação, estadao.com.br

04 de maio de 2008 | 10h23

O ar polar entrou com força sobre o Estado de São Paulo e desde o sábado a temperatura vem baixando. A madrugada deste domingo foi a mais gelada de 2008 para os paulistas, até agora, segundo a Climatempo. Mesmo com uma grande quantidade de nuvens, quase todas as regiões do Estado, incluindo a capital, registraram recordes de frio.   De acordo com as medições do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura mínima na capital foi de 12,3 graus valor medido no Mirante de Santana, na zona norte da cidade. Na zona sul da cidade, o frio chegou a 10,8 graus na estação medidora do Instituto Astronômico de Geofísico da USP, localizado perto do Zoológico.   No litoral sul, o Inmet registrou 11,1 graus em Iguape. No litoral norte, Ubatuba registrou apenas 12,9 graus, também a menor do ano. No interior, o domingo amanheceu com frio perto dos 10 graus em muitas cidades. Os recordes foram generalizados. O Inmet mediu 6,4 graus em Campos do Jordão, na serra da Mantiqueira, 10,2 em Franca, 11,5 em São Carlos e em Catanduva a mínima foi de 13,7, as três cidades no norte do Estado. Sorocaba também teve recorde de frio, com mínima de 12,5. O aeroporto de Ribeirão Preto amanheceu marcando apenas 12. Presidente Prudente teve mínima de 12,9, ligeiramente acima do recorde de 12,5 registrado no sábado.   Os paulistas que não apreciam o frio vão reclamar muito do tempo no decorrer desta semana. O frio não acabou e vai aumentar. O ar polar ainda terá forte influência no Estado de São Paulo nos próximos dias. Com a diminuição da nebulosidade, as noites serão ainda mais geladas e sucessivos recordes de frio serão registrados até o fim desta semana, incluindo a capital. Há possibilidade de geada ao amanhecer na quarta e na quinta-feira que vem na serra da Mantiqueira. Até algumas áreas paulistas, próximas da divisa com o Paraná, poderão registrar geada ao amanhecer da quarta-feira, ainda que fracas e em pequenas proporções.   A semana será marcada por frio intenso em todo o centro-sul do Brasil. O ciclone extratropical que ainda fica perto do litoral gaúcho nesta segunda-feira vai se afastar. A partir daí, a umidade no Sul do país diminui rapidamente entre a noite de segunda e a madrugada de terça-feira, quando já se espera a ocorrência de geadas no interior dos Estados de toda a Região Sul. Na quarta e na quinta-feira pode gear até na Grande Curitiba e na Grande Porto Alegre.

Tudo o que sabemos sobre:
previsão do tempo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.