São Paulo tem dia quente e com sol neste domingo

Temperatura deve chegar aos 30 graus no litoral; trânsito deve ser pesado na volta à capital

18 de novembro de 2007 | 10h26

Este domingo, 18, é a última - e, talvez, única - oportunidade para aproveitar o sol no Estado de São Paulo neste feriadão de chuva e tempo nublado. A máxima prevista é de 30º no litoral norte e de 29º na capital e na Baixada Santista. "É o melhor dia para quem está na praia", afirma o meteorologista Thiago Cotting, do Climatempo. O céu começou a abrir de manhã e deverá ficar assim até o fim da tarde, quando estão previstas pancadas de chuva em todo o Estado. O tempo deve permanecer nublado na segunda-feira e pior na terça, Dia da Consciência Negra, com a chegada de uma frente fria vinda do Sul.  Os que trabalham na segunda e não querem pegar engarrafamento devem esquecer a praia e pegar a estrada cedo. As concessionárias das rodovias paulistas recomendam que o motorista evite voltar para a capital entre as 14 e 21 horas. Segundo a Ecovias, devem passar até 570 mil veículos pelo sistema Anchieta-Imigrantes até terça-feira. Neste domingo, a operação descida será das 9 às 12 horas e a subida, das 18 às 24 horas. Na Anhangüera-Bandeirantes devem passar 884 mil veículos durante todo o feriado, segundo a concessionária Autoban. Outros 470 mil são esperados nas rodovias Castello Branco e Raposo Tavares, informa a Via Oeste. Já a Nova Dutra espera que 137 mil veículos voltem a São Paulo pela Rodovia Presidente Dutra. A expectativa é que neste domingo 6 mil carros trafeguem a cada hora no horário de pico (das 16 às 20 horas). Quem ficou na capital pode fazer um spinning intergaláctico gratuito na sala de projeção do Planetário do Ibirapuera. As 300 cadeiras deram espaço a 80 bicicletas ergométricas. Há quatro horários: às 15, 17, 19 e 21 horas (este último para equipes). Outra opção é adiantar as compras de Natal nas lojas da 25 de Março, que abrem das 8 às 13 horas. As lojas do Brás não abrem.

Tudo o que sabemos sobre:
Climatrânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.