São Paulo tem dia quente e com qualidade do ar ruim

Temperatura pode chegar aos 27 graus e umidade cai ao longo desta quarta

Josélia Pegorim,

13 de junho de 2007 | 15h23

Uma grande massa de ar seco que cobre São Paulo impede a chegada de novas frentes frias, que são as principais fontes de chuva nesta época do ano. O tempo continua aberto, com sol forte e temperatura elevada; na capital, a máxima pode chegar aos 27 graus nesta quarta-feira, 13.   O paulistano deve ficar atento à umidade do ar, que fica baixa nas horas mais quentes do dia. Na quinta-feira, o tempo ainda muda e o sol predomina entre muitas nuvens no Estado, faz calor e ainda não há previsão de chuva. A mínima fica nos 12 graus até sábado, quando a máxima prevista é de 25 graus.   A frente fria que poderia se aproximar de São Paulo está bloqueada no Sul do Brasil e espalha nuvens carregadas que provocam pancadas de chuva no Rio Grande do Sul e no sul de Santa Catarina. Pode chover forte nesses Estados e a máxima prevista para Porto Alegre é de 32 graus.   No Paraná, no Sudeste, no Centro-Oeste, no interior do Nordeste e no sul da região Norte, o ar seco mantém o tempo aberto, com sol forte e calor. Áreas de instabilidade vindas do mar deixam o tempo chuvoso no leste da Paraíba ao norte do Ceará. No litoral nordestino e nas demais regiões do Norte, chove de forma passageira ao longo do dia.   » Capital está no limite do ar seco » Previsão para o País

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.