''São Paulo tem de pizza a alta gastronomia''

Marcello Tully , maceioense, chef do hotel escocês Kinloch Lodge

FILIPE VILICIC, O Estado de S.Paulo

09 de maio de 2010 | 00h00

Neto de ingleses, Marcello Tully nasceu em Maceió, Alagoas. Mas ficou em sua terra natal apenas até completar 1 ano, quando se mudou com os pais para a cidade de São Paulo. Na metrópole, permaneceu apenas até os 6 anos. "Só lembro que gostava da escola ser de meio período e do Instituto Butantan", diz.

Criança, foi com o pai para a Inglaterra (estudou em um colégio de período integral). A mãe ficou. Hoje, ele é chef do restaurante de um hotel na Escócia. No próximo sábado, Tully voltará à capital paulista para comandar dois jantares no restaurante Capim Santo, no Jardins (dias 19 e 20). O evento faz parte do Whisky Festival, que agita a cidade até o fim do mês.

Restaurantes. "A variedade gastronômica de São Paulo é enorme", afirma. "Há pizza, comida italiana, sushi e alta gastronomia. Nesta visita, quero muito conhecer o D.O.M., de Alex Atala."

Rodízio. Tully adora esse sistema de servir tipicamente brasileiro. "É bacana poder experimentar várias carnes, pizzas diferentes ou diversos sashimis em um mesmo lugar", diz. "Na Europa, não há disso. O cliente só come um prato."

Urbano. O chef, porém, não gosta do ambiente da metrópole. "Há muita poluição, barulho, trânsito."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.