São Paulo tem chuva forte e queda de granizo

Capital paulista entrou em estado de atenção para alagamentos na tarde deste domingo; as pessoas na rua foram pegas de surpresa pela chuva

O Estado de S. Paulo

18 Maio 2014 | 16h55

Atualizado às 17h42

A capital paulista foi surpreendida na tarde deste domingo, 18, pela chuva forte e repentina. Em bairros da zona sul e da região central choveu granizo. O cenário era parecido ao de uma nevasca na Aclimação, em que os carros e e as calçadas ficaram brancos por causa das pedras de gelo.

Às 17h30, havia nove pontos de alagamento em São Paulo, sendo três intransitáveis, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). A Avenida 9 de jullho, junto à Praça da Bandeira, era um dos locais com excesso de água na pista, o que impedia os carros de passarem. Todas as regiões ficaram em estado de atenção.

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul, ficou fechado para pousos e decolagens por 20 minutos, entre as 16h23 e as 26h42, quando voltou a operar no visual. Poucos voos foram afetados, de acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

As pessoas que estavam aproveitando as apresentações da 10ª Virada Cultural de São Paulo, no centro da capital, tiveram que sair correndo para as marquises para se proteger do granizo e do vento forte. Alguns shows, como o de Valesca Popozuda e o da cantora Céu, foram cancelados.

Mais conteúdo sobre:
chuva granizo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.