MARCO AMBROSIO|FRAMEPHOTO
MARCO AMBROSIO|FRAMEPHOTO

São Paulo tem chuva após 14 dias e temperatura cai

É a primeira vez, desde de 2 de julho, que o pluviômetro de Santana, na zona norte da capital, sai do zero

Isabela Palhares, O Estado de S. Paulo

16 Julho 2016 | 22h00

SÃO PAULO - Há 14 dias com baixa umidade relativa do ar, São Paulo registrou na tarde deste sábado, 16, 6,2 milímetros de chuva, segundo a estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia. É a primeira vez, desde de 2 de julho - quando foi registrado 0,2 milímetro, que o pluviômetro de Santana, na zona norte da capital, sai do zero. 

Nesta semana, a umidade relativa do ar na capital atingiu valores próximos aos 30% em alguns pontos da cidade. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), no início da noite deste sábado, a umidade do ar oscilou acima dos 80%.

A chuva que atingiu a capital neste sábado é consequência de um frente fria que passa por todo o Estado. Apesar da curta duração da chuva, uma massa de ar polar deve derrubar as temperaturas na cidade. 

De acordo com o CGE, o domingo, 17, deve começar com formação de neblina e muita nebulosidade. O dia deve ter mínimas em torno dos 9ºC e máximas que permanecem abaixo dos 20ºC. 

A segunda-feira, 18, começa com sol e sem previsão de chuva, mas as temperaturas ainda permanecem baixas. As mínimas podem atingir valores abaixo dos 7ºC, segundo o CGE. 

 

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.