São Paulo tem a temperatura mais alta do ano e baixa umidade

Frente fria deve amenizar calor, que chegou aos 35,6ºC, e provocar pancadas de chuva nesta tarde na capital

Elvis Pereira, estadao.com.br

13 Janeiro 2009 | 15h57

SÃO PAULO - O forte de calor na capital paulista resultou esta terça-feira, 13, na maior temperatura do ano. Às 10 horas, a estação do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) em São Mateus, na zona leste, marcou 35,6ºC. O índice de umidade relativa do ar, por outro lado, despencou, e chegou a 26% em Parelheiros. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera insatisfatórios índices abaixo dos 30%.    Nesta tarde, a situação melhorou. Às 15 horas, os termômetros em São Mateus indicavam 34ºC. Em Campo Limpo, na zona sul, e nos bairros de Itaquera e Vila Prudente, na zona leste, as estações do CGE apontavam 33ºC. "As temperaturas são naturalmente mais altas nesta época do ano", explicou a meteorologista Ester Regina Ito, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).    Segundo Ester, a aproximação de uma frente fria proveniente do Sul do País deverá mudar o tempo a partir desta tarde, provocando pancadas de chuva na capital e nas regiões sul e litoral do Estado. Nesta quarta, 14, a quantidade de nuvens aumentam e, de quinta em diante, 15, o tempo passa a ser instável, o que contribui para amenizar o calor.   Com férias e calor, piscina do CEU Sampopemba, na zona leste, ficou lotada. Foto: Marcio Fernandes/AE   Já no Parque do Ibirapuera, moradores se refrescavam no vaporizador de água. Foto: Sergio Neves/AE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.